Na entrevista, a Secretária de Mulheres, reafirmou a importância da adesão da campanha Lula Livre. Lula foi o primeiro presidente a ter um olhar diferenciado para as mulheres. Já no primeiro ano do governo Lula, a Secretaria de Estado dos Direitos da Mulher foi desvinculada do Ministério da Justiça e transformada na Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM).

A SPM ganhou um importante status de ministério para a defesa dos direitos das mulheres. Hoje, com os retrocessos do governo golpista, o Ministério passou a ser pasta e voltou a ser subordinada ao Ministério da Justiça e da Cidadania. Lula tirou o Brasil do mapa da fome também promoveu uma “revolução feminista” no sertão. E por meio de uma ideia simples: o dinheiro é transferido sempre para a mulher. Com a garantia do benefício, encerra-se o ciclo de abusos muitas vezes alimentado pela dependência financeira do companheiro.

O número de mulheres no ensino superior cresceu exponencialmente, em grande parte por programas de universalização como o ProUni e o Fies. Muitas delas foram as primeiras da família a ter um diploma universitário.

Debora falou sobre a questão da saúde no Brasil. Das dezenas de ações dos governos petistas em prol da saúde, duas tiveram impacto direto na saúde da mulher. “Quem sofre com a falta de atendimento médico e a população pobre. Quando Bolsonaro expulsa os médicos cubanos, - que estavam nos hospitais da periferia-, do país, ele sentencia a população mais carente”, enfatizou.

Na entrevista também foi abortada a questão do espaço das mulheres. Quando o governo Bolsonaro sinaliza, por exemplo, o ensino a distância. Ele automaticamente atinge as mulheres, que saíram do mercado de trabalho para cuidar dos seus filhos. Outro ponto importante, é que com essa medida, o investimento em educação também será afetado, bem como a construção de novas creches.

No dia 07 de abril, completa um ano da prisão politica do ex-presidente Lula. “Lula sempre foi a engrenagem para o PT, sua liderança faz falta, porém temos aqui no PT a nossa presidenta Gleisi Hoffmann, que está lutando bravamente pelas mulheres e pela liberdade de Lula. Gleise tem demonstrado muito bravura”, afirmou Débora Pereira.

 Por Elas: Entrevista com a Secretária Estadual de Mulheres do PT-SP, Debora Pereira. Veja aqui.

Ler 121 vezes

Partido dos Trabalhadores

O Partido dos Trabalhadores surgiu como agente promotor de mudanças na vida de trabalhadores e trabalhadoras das cidades e dos campos, militantes de esquerda, intelectuais e artistas.

Foi oficializado partido político em 10 de fevereiro de 1980. O PT integra um dos maiores e mais importantes movimentos de esquerda da América Latina. Confira nossas redes sociais

 
 
 
 
 

Seja Companheiro!

Cadastre-se Online

Top