Em um encontro marcado pelo dialogo e por um processo interno de democracia, o PT Paulista reelege Luiz Marinho como presidente estadual do PT de São Paulo com mais de 70% dos votos (534 votos).

O 7° Congresso Estadual do PT Paulista contou com a presença de mais de 700 delegados e delegadas de todo o estado de São Paulo. Os participantes votaram a tese guia, que será a base do partido para os próximos quatro anos. A atividade também contou com a formação de 8 grupos, os quais elaboraram mais de 30 emendas, que foram apresentadas e votadas pelo plenário. As emendas aprovadas irão nortear o partido nos próximos quatro anos.

O Congresso Estadual reforçou, mais uma vez, o compromisso do PT com o diálogo, a democracia e com os trabalhadores e trabalhadoras do estado de São Paulo. Este final de semana é mais um momento histórico para o PT, que realizou eleições internas por todos os estados brasileiros.

Em sua fala, o presidente reeleito, Luiz Marinho enfatizou a importância da militância do PT, "nao seria possível a construção desta candidatura sem a colaboração dos militantes petistas", disse. Marinho também ressaltou a importância do enfrentamento aos desmandos de Doria no estado, "Doria exerce um governo espelho de Bolsonaro, os quais retiraram os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras, além de promover o genocídio, sobretudo da nossa juventude negra e periférica.

Marinho ressalta com nostalgia as criações dos governos petistas, que tanto colaboraram com a construção de um país com esperança, diversidade e soberania nacional. "Os governos do PT, devolveram a alegria ao povo brasileiro. Lula é o político mais bem avaliado da história do país, um metalúrgico, que por meio de sua luta chegou a presidência do Brasil e proporcionou dignidade e acesso a direitos antes negados, principalmente para a população que mais precisa", disse.

O chamado pela maior mobilização por Lula livre também foi um tópico mencionado por Marinho, "lutar por Lula, por sua liberdade e inocência é a principal tarefa da esquerda. Lula tem o direito de ser candidato em 2022", aprontou Marinho.

Sobre as eleições de 2020, Marinho ressaltou que o partido precisa estar unido para conquistar os municípios.

A programação também contou com a apresentação do grupo composto por mulheres de Guarulhos "As Despejadas" , plenária de delegadas e uma intervenção de mulheres indígenas, que reforçou o protagonismo feminino dentro do PT.

Na atividade, cartas de Lula foram lidas por Mônica Valente (executiva nacional) e Luiz Marinho, as mensagens do ex-presidente foram direcionadas aos delegados e delegadas e cumprimentos à organização da etapa estadual do congresso.

A noite encerrou com um "boa noite presidente Lula. #LulaLivre #LulaInocente

Texto: Katiele França; 

? Cadu Bazilevski

Ler 150 vezes

Partido dos Trabalhadores

O Partido dos Trabalhadores surgiu como agente promotor de mudanças na vida de trabalhadores e trabalhadoras das cidades e dos campos, militantes de esquerda, intelectuais e artistas.

Foi oficializado partido político em 10 de fevereiro de 1980. O PT integra um dos maiores e mais importantes movimentos de esquerda da América Latina. Confira nossas redes sociais

 
 
 
 
 

Seja Companheiro!

Cadastre-se Online

Top