A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) terá programação em alusão ao Dia Nacional da Luta Antimanicomial.
Nessa sexta-feira, 17, a partir das 13h, as atividades tem início com apresentações culturais e debate com participantes. Às 15h acontece a entrega do Prêmio Fábio Belloni e uma caminhada até o Parque do Ibirapuera.
O evento é realizado pela Frente Estadual Antimaniconial em parceria com o mandato da Deputada Beth Sahão (PT-SP) e apoio da Liderança do PT na Alesp.

HISTÓRICO

Os movimentos em defesa da luta antimanicomial ganharam força no fim da década de 70, com as denúncias aos abusos cometidos em instituições psiquiátricas. A partir daí, surgiram movimentos de trabalhadores de saúde mental que colocaram em evidência a necessidade de uma reforma psiquiátrica no Brasil. O Movimento Nacional da Luta Antimanicomial tem o dia 18 de maio como data de comemoração em referência a um encontro de trabalhadores de saúde mental realizado em 1987, em São Paulo.

Em 2001, através da Lei Paulo Delgado (Lei n° 10.216/2001), foi instituída a rede de cuidado substitutiva com a criação dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps), que garantem os direitos dos usuários com transtornos mentais a atendimentos menos invasivos, em que se prioriza o tratamento através da reinserção social. Em todo o País, no mês da Luta Antimanicomial, relembra-se os avanços conquistados no cuidado aos usuários com transtornos mentais e com problemas relacionados ao uso de álcool e outras drogas.

Ler 737 vezes

Partido dos Trabalhadores

O Partido dos Trabalhadores surgiu como agente promotor de mudanças na vida de trabalhadores e trabalhadoras das cidades e dos campos, militantes de esquerda, intelectuais e artistas.

Foi oficializado partido político em 10 de fevereiro de 1980. O PT integra um dos maiores e mais importantes movimentos de esquerda da América Latina. Confira nossas redes sociais

 
 
 
 
 

Seja Companheiro!

Cadastre-se Online

Top