Foram dados os primeiros passos para a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) começar a investigar oficialmente as improbidades e ilegalidades cometidas pelo ex-diretor da Dersa, Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, entre 2007 e 2019.

O requerimento de criação da Comissão Parlamentar de Inquérito - CPI, apresentado pela deputada Beth Sahão e apoiado por outros 33 colegas, foi publicado na edição desta terça-feira (19) do Diário Oficial.

Vieira de Souza, apontado como operador do PSDB no estado, foi preso na Operação Ad Infinitum, que mira também o ex-ministro de Relações Exteriores do Governo Temer, Aloysio Nunes Ferreira.

A operação Ad Infinitum realizou mandados de busca e apreensão em endereços ligados Aloysio Nunes Ferreira, que presidia a Investe São Paulo (Agência Paulista de Promoção de Investimento e Competitividade) do governo João Doria. No dia seguinte a divulgação da notícia, Aloysio pediu demissão da Investe São Paulo.

Souza já havia sido preso pela Lava Jato em São Paulo. O ex-diretor da Dersa é réu em duas ações penais da Lava Jato em São Paulo uma sobre desvios de R$ 7,7 milhões que deveriam ser aplicados na indenização de moradores impactados pelas obras do Rodoanel Sul e da ampliação da avenida Jacu Pêssego e outra sobre cartel em obras viárias do Estado e do Programa de Desenvolvimento do Sistema Viário Metropolitano.

"Diante da gravidade das delações envolvendo agentes políticos e públicos do Estado de São Paulo e principalmente a vinculação dessas relações com os contratos das grandes obras contratadas no Estado, apresentamos este requerimento ", justificou a deputada Beth Sahão.

Além desta CPI, Sahão apresentou outras dois pedidos de investigação. O primeiro sobre a omissão dos órgãos responsáveis pela prevenção e combate ao feminicídio e o outro que questiona a política de desoneração fiscal no estado de São Paulo, que acarretou uma perda de 115 bilhões para o orçamento do estado em dez anos. Ambas também foram publicadas no Diário Oficial.

--
Renato Ponzio Scardoelli
Assessor de comunicação
Gabinete Dep. Beth Sahão (PT-SP)
11 9 88391991

Ler 142 vezes

Partido dos Trabalhadores

O Partido dos Trabalhadores surgiu como agente promotor de mudanças na vida de trabalhadores e trabalhadoras das cidades e dos campos, militantes de esquerda, intelectuais e artistas.

Foi oficializado partido político em 10 de fevereiro de 1980. O PT integra um dos maiores e mais importantes movimentos de esquerda da América Latina. Confira nossas redes sociais

 
 
 
 
 

Seja Companheiro!

Cadastre-se Online

Top